Open main menu

VisualEditor/Portal/Why/pt

< VisualEditor‎ | Portal
This page is a translated version of the page VisualEditor/Portal/Why and the translation is 65% complete.

Other languages:
Bahasa Indonesia • ‎Deutsch • ‎English • ‎Ido • ‎Ilokano • ‎Lëtzebuergesch • ‎Scots • ‎Zazaki • ‎azərbaycanca • ‎dansk • ‎emiliàn e rumagnòl • ‎español • ‎français • ‎føroyskt • ‎galego • ‎hrvatski • ‎italiano • ‎lietuvių • ‎magyar • ‎polski • ‎português • ‎português do Brasil • ‎suomi • ‎svenska • ‎български • ‎русский • ‎српски / srpski • ‎українська • ‎հայերեն • ‎עברית • ‎中文 • ‎日本語
Taxa de retenção de novos versis editores activos na Wikipédia em Inglês


Números

O gráfico acima mostra a taxa de retenção de novos editores ao longo do tempo, e o número de pessoas que editaram activamente. Como pode ver, não tem sido positivo. A Wikipédia está no meio de uma crise em relação ao número de editores. Estamos a afastar demasiados novos editores, e estamos a perder o âmago de um projecto colaborativo: os contribuidores.

O que isto significa é que simplesmente não teremos as pessoas para fazer o trabalho que precisa ser feito. As tarefas acumulam-se, com menos pessoas para lidar com as Especial:Páginas novas ou com a manutenção de biografias de pessoas vivas.

As promoções de artigos ao nível de Destacado e Bom estagnam como resultado de não haver pessoas suficientes não só para escrever os artigos, mas também rever e mantê-los. Todos têm uma história de uma área onde trabalham em que simplesmente não há pessoas suficientes para levar o trabalho a bom termo.

As razões

Temos um problema, e há muitas razões para tal. Algumas pessoas vão embora porque não querem contribuir construtivamente, o que não tem problema. Outros vão-se embora porque acham a comunidade demasiado hostil, ou porque não conseguem perceber onde podem encontrar ajuda.

Em último caso, muitas pessoas abandonam porque editar é demasiado complexo. Em 2001, quando a Wikipédia foi fundada, muitos dos grandes sites esperavam que os usuários escrevessem em várias tipos de código, e nós eramos um deles. Escrever com sintaxes de código era uma habilidade comum em pessoas que trabalhavam na internet.

O problema é que estamos em 2013, e somos, se não o único grande site que ainda usa este tipo de sintaxe, definitivamente o único que usa sintaxe desta complexidade.

Afastando-nos de sintaxes complexas

Em 2013, as pessoas não esperam ter que aprender sintaxe para escrever qualquer coisa num site. Ficam surpreendidas quando chegam aqui e a maioria não fica entusiasmada com a experiência. (We received some confirmation of that in a user test we conducted prior to the launch of VE.)

Many new users don't start off trying to make big changes; they start off trying to make small ones, and yet have to learn markup anyway just to be able to read the editing panel. They get intimidated, and they leave, as our user tests demonstrate.

This need for a better way to edit is something the community has recognized again and again, as early as 2004. We're building the VisualEditor in response; because people have asked for it, and more importantly because people need it.

Wikimarkup is already intimidating to newcomers, and the level of intimidation will only increase as other websites move forward. We're building it because if we don't, that graph is going to look a lot worse in five years.

We're not expecting everyone to use it (the source editor will still be around), and we're not expecting everyone to be convinced. But we're determined to do a good job and determined to demonstrate the impact this software can have.